Qui, 14 de Dezembro de 2017




ONG Fulô da Terra, de Adjane Souza, recicla o tecido e o transforma em apliques e bijuterias




Peças de roupa e de bijuterias criadas a partir do Fulô, nome dado ao jeans reciclado.


Expositora da 36ª edição da Feira Internacional de Artesanato (Feiarte), a artesã Adjane Souza está apresentando um projeto original no evento: bijuterias, acessórios e apliques para roupas desenvolvidos a partir de retalhos de jeans reciclados.

A ideia batizada de Fulô da Terra nasceu da constatação, por parte de Adjane, do acúmulo de retalhos depositados nas calçadas de quatro cidades pernambucanas que concentram a indústria de jeans no estado: Caruaru, Toritama, Santa Cruz do Capibaribe e Riacho das Almas.

As aparas de jeans produzem diariamente, na região, um acúmulo de 80 toneladas/dia. Destas, 50 mil toneladas são as chamadas auréolas, pequenas tiras da margem do pano que são descartadas pela indústria no processo de corte do tecido.

Adjane diz que precisou de 12 anos para desenvolver o projeto que daria origem a uma ONG voltada para a confecção de capas de agendas e tablets, além de acessórios e apliques para jeans. Em uma segunda etapa, a fibra do tecido foi utilizada também para a criação de bijuterias e gargantilhas, que tem a simbologia africana como tema.

O Fulô da Terra, voltado para a sustentabilidade e a consciência ambiental, reúne hoje 10 mulheres e 30 voluntárias de Riacho das Almas, no agreste pernambucano. O objetivo de artesã agora é levar o Fulô (uma forma nordestina de dizer “Flor”) para outras regiões do país. Na última quarta-feira (20), Adjane reuniu-se com representantes da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba para tratar do desenvolvimento do projeto, em Curitiba.

“Os retalhos descartados pelas indústrias de jeans do Paraná podem abastecer o projeto também em Curitiba e levá-lo para outras cidades da Região Sul. Minha meta é estender o plano de negócio da ONG”, diz Adjane.

A Feiarte Curitiba segue até domingo no pavilhão de Exposições do Expo Renault Barigui. Os horários no fim de semana são os seguintes: nesta sexta-feira, das 15h às 22h. Sábado, das 14h às 22h e domingo, das 14h às 21h. Os ingressos custam R$ 10 e R$ 5 (idosos com mais de 60 anos). Crianças até 12 anos não pagam. Mais informações no site www.artesanatodiretriz.com.br.

EXPOSITORES

PARCEIROS

FEIARTE
International Handicraft Fair
Feria Internacional de Artesanía

ART MUNDI
World Handicraft Fair
Feria Mundial de Artesanía

NOVIDADES


Se cadastre e receba nossas novidades.





Promoção


(41) 3075-1100

Conheça a Diretriz

Apoio