Qui, 14 de Dezembro de 2017




Maior e mais tradicional evento de arte e ofício da Região Sul, feira será realizada entre os dias 15 e 24, no Barigui


O artesão e violeiro mato-grossense, Duílio Sampaio, trabalha no entalhe da viola-de-cocho, instrumento que, desde 2004, é patrimônio nacional: presente na Feiarte.

A 36ª edição da Feira Internacional de Artesanato (Feiarte) será inaugurada nesta sexta-feira (15), no Expo Barigui, centro de exposições localizado no mais concorrido parque ambiental de Curitiba e o de melhor localização no Brasil para esse tipo de evento.

Cerca de 26 países e 19 estados brasileiros estarão representados na feira que, neste ano, presta uma homenagem ao centenário da imigração japonesa no Paraná e aos 120 da amizade Japão-Brasil.

O hall de entrada do pavilhão foi inaugurado exatamente para esse fim. O visitante será recepcionado por uma decoração construída com bambu e iluminada por lanternas japonesas. Maquetes de castelos medievais da era dos samurais estarão expostas.

A convite da Diretriz, empresa que organiza a feira, artesãos paranaenses criaram peças de inspiração japonesa que serão sorteadas entre os visitantes.

O cônsul-geral do Japão em Curitiba, Toshio Ikeda, e o cônsul japonês para assuntos culturais, Iwato Takahiro, devem enviar mensagens de saudação à abertura do evento.

A Diretriz prevê bater o recorde em participações internacionais nesta edição. Entre os expositores de outros países destacam-se o Senegal, com joias manufaturadas a partir de pérolas de água doce, máscaras de Veneza e finos tapetes vindos do Irã.

Participam também da feira um grupo de artesãs do Nepal, através de seus representantes. Cinco de dez mulheres, cujo trabalho era exibido em várias feiras de artesanato no Brasil, morreram no recente terremoto que abalou o país. Em solidariedade, a Diretriz está franqueando o espaço de exposição ao grupo.

Da Colômbia, devem atrair o público os relógios ecológicos feitos a mão por comunidades indígenas a partir de materiais biodegradáveis e renováveis, como o bambu e outras fibras naturais.

Ganham destaque também, na Feiarte, as luminárias e tigelas turcas trazidas por uma empresa que incentiva e promove artesãos daquele país. O brilho, o acabamento e a riqueza de detalhes dos objetos chamam a atenção do visitante. E também da Rede Globo. Trabalhos de artesãos turcos foram usados como peças cenográficas em novela recente da emissora.

Entre os expositores nacionais estão o artesão e violeiro, Duílio Sampaio, do Mato Grosso, que durante o evento irá mostrar ao público como entalhar o instrumento direto no tronco maciço da madeira. Desde 2004, a viola-de-cocho é reconhecida como patrimônio nacional.

Outra atração da feira é a curitibana Vanessa Martins que, de forma criativa e original, dá formas, cores e odores a sabonetes de banho artesanais. Outro curitibano de destaque é o artista Marcio Ladeira, que notabiliza-se pela diversidade e volume com que produz figuras religiosas de grande dimensão. Todas cuidadosamente acabadas.

A Feiarte será realizada entre os dias 15 e 24 deste mês, incluindo dois fins de semana. Os horários são diferenciados. Sábados (16 e 23), das 14 às 22 horas. Domingos (17 e 24), das 14 às 21 horas. Nos dias úteis (15 e 18 a 22), o horário é das 15 às 22 horas. O pavilhão de exposições do Barigui fica localizado no parque de mesmo nome, na Rodovia do Café (BR-277), bairro Santo Inácio, em Curitiba. Acesso pela BR-277, Avenida Manoel Ribas e Avenida Cândido Hartmann. Mais informações no site www.artesanatodiretriz.com.br.

EXPOSITORES

PARCEIROS

FEIARTE
International Handicraft Fair
Feria Internacional de Artesanía

ART MUNDI
World Handicraft Fair
Feria Mundial de Artesanía

NOVIDADES


Se cadastre e receba nossas novidades.





Promoção


(41) 3075-1100

Conheça a Diretriz

Apoio